Loading...

Quem sou eu

Minha foto
São José dos Campos, SP, Brazil
ALGUÉM QUE BUSCA O AUTOCONHECIMENTO E O CONTATO COM A SENSIBILIDADE DA ALMA, PARA QUE POSSA CONHECER E DESVENDAR OS MISTÉRIOS DA MENTE ATRAVÉS DA NATUREZA E DO SER HUMANO UTILIZANDO TODOS OS SENTIDOS.

sexta-feira, 13 de março de 2009

RESPEITO À NATUREZA


NATUREZA
Mudanças progressivas
Ventania, clima, marés
Posturas agressivas
Conseqüências ao revés
Não sei se o que vejo no horizonte
É a sombra do sol se pondo ou o cinza do pó químico
Esparramado no ar, do início ao fim da ponte
Não faz idéia o homem que descobriu
Como manipular os metais pesados
O quanto de sua natureza abstraiu
Nem queria ele chegar ao triste fim
De não enxergar mais até onde a vista alcança
Somente desejava o progresso, sim
Ignorava que o céu claro seria apenas uma lembrança
Tal como a água límpida, a mata predominante
A brisa inocente em sua face, imagem e semelhança
Certamente, não queria ele que as geleiras derretessem
E as flores em seu jardim não mais florescessem
Sei o quanto almejou ver seu filho crescer
Vendo o cantar das aves e o voar das borboletas
Brincar na praia com as areias brancas ao amanhecer
Sei que não imaginou quanto lixo ia aparecer
E quantos versos tristes não daria aos poetas

Todos os direitos reservados a bebaldim